fbpx

1º Ano visita o Cemitério do Bonfim

/, Todas as Notícias, Turno Manhã/1º Ano visita o Cemitério do Bonfim

1º Ano visita o Cemitério do Bonfim

2018-07-13T09:10:00+00:0018-04-2018|Ensino Médio, Todas as Notícias, Turno Manhã|
Na busca pela excelência acadêmica, o Colégio São Paulo da Cruz oferece várias oportunidades, fora da sala de aula, para ampliar o conhecimento dos alunos nas diversas áreas do saber e nos mais variados espaços, proporcionando-lhes o cultivo do senso crítico, da sensibilidade e uma ampla visão de mundo. 
 
Nesta terça-feira, os alunos do 1º Ano participaram de uma visita técnica interdisciplinar que envolveu as disciplinas de Sociologia, História, Filosofia, Artes, Literatura e Religão. Eles visitaram o Cemitério do Bonfim, onde puderam observar os aspectos artísticos, históricos e sociais do cemitério mais antigo e tradicional de Belo Horizonte. 
 
Durante a visita orientada, os alunos foram acompanhados por uma historiadora e por nossos professores e aprenderam temas diversos como Arte, Religiosidade,  Cultura, Política e Sociedade. Foram visitados túmulos e jazigos de personalidades homenageadas e  políticos, como Raul Soares, Otacílio Negrão de Lima e Olegário Maciel, Julia Kubitschek, mãe do ex-presidente Juscelino Kubitschek, de famílias tradicionais de Belo Horizonte e de religiosos, como o da irmã Benigna, atualmente em processo de beatificação no Vaticano. Os alunos fizeram uma oração e conheceram o trabalho da religiosa, cuja sepultura se tornou um local de peregrinação. 

Para a professor de Sociologia, Oldair Santos, a visita é importante para mostrar aos alunos como a percepção da morte sofreu mudanças ao longo do tempo e da cultura. A professora de Artes, Maeli Silva, considera a visita dos alunos especial, por ser um local de certa forma inusitado mas rico em patrimônio cultural e conhecimento. Muitos alunos não imaginavam que o Cemitério do Bonfim fosse tão grande e pomposo. Essa foi a primeira visita da aluna Ana Clara Marçal, de 15 anos. Para ela, o trabalho fora de sala valeu muito a pena, pois aprendeu curiosidades sobre o Cemitério e a história da cidade que ela sequer imaginava. “Além disso, as construções são muito bonitas e interessantes. Eu recomendo a visita”, completou.

 
O Cemitério do Bonfim
 
Os alunos conheceram conjuntos escultóricos executados por artistas e marmorarias, com materiais carcterísticos de cada época, com símbolos que representam diferentes ofícios e crenças.
 
Inaugurado em 1897, o Cemitério do Bonfim é procurado por pesquisadores e visitantes por suas esculturas representantes de diversos estilos de arte, como Art Deco, Belle Èpoque e modernismo. Além de ser considerado um Museu a céu aberto, o cemitério é o mais antigo da cidade, tendo sido inaugurado 10 meses antes da inauguração de Belo Horizonte e guarda um importante relato da vida social, política e cultural da cidade, representanto um rico acervo de preservação patrimonial.