fbpx

Alunos do 7º Ano conhecem o Museu de História Natural e Jardim Botânico da UFMG

/, Todas as Notícias, Turno Manhã/Alunos do 7º Ano conhecem o Museu de História Natural e Jardim Botânico da UFMG

Alunos do 7º Ano conhecem o Museu de História Natural e Jardim Botânico da UFMG

2018-07-12T13:59:47+00:0020-06-2018|Ensino Fundamental, Todas as Notícias, Turno Manhã|

As turmas do 7º Ano tiveram uma manhã bem diferente nesta terça-feira. Elas conheceram o Museu de História Natural e Jardim Botânico da UFMG (MHNJB), dentro dos estudos da Botânica e Meio Ambiente, do professor Ernani.

Separados em grupos menores e acompanhados de monitores do Jardim Botânico, os alunos percorreram as trilhas internas do espaço, que contempla 600 mil metros quadrados de mata diversificada e típica da Mata Atlântica, e conheceram a mata, os viveiros de mudas, a lagoa e jardins.

Os alunos receberam informações sobre a característica da mata e dos vegetais, como as pteridófitas e as briófitas, entenderam por que as árvores da região são jovens e muito altas, conheceram a jequitibá, o cacaueiro e viram de perto as diversas plantas consideradas medicinais, além de outras utilizadas na culinária. Eles visitaram o jardim sensorial das plantas e também receberam mudas para levar para casa.

 

Educação Ambiental

 

Para a monitora Thamiris Rosa, que cursa o último ano de Ciências Socioambientais na UFMG, a presença dos alunos do São Paulo da Cruz é importante para aproximar os alunos de uma realidade distante do cotidiano deles, que é o meio natural, arborizado e repleto de animais soltos, e fortalecer nos jovens uma sementinha de conscientização e conservação das áreas verdes.

“Antigamente as crianças brincavam mais nas ruas, subiam em árvores, quintais ou sítios e hoje quase não existem áreas verdes. Além do conhecimento científico, que eles aprendem em sala, aqui eles veem ao vivo e em cores e, paralelamente a isso, aprendem a educação ambiental”, explica.

 

Estímulo ao Aprendizado

 

Para o professor Ernani, a visita atende o objetivo da Botânica, pois os alunos conhecem várias espécies e curiosidades. “Nada melhor do que tirar o aluno da sala de aula para que ele tenha a vivência do meio ambiente, das plantas e vegetais”, conta. Para o ano que vem, a proposta é diverisficar e aumentar ainda mais a visita, já que existem outras possibilidades a serem exploradas no Museu, em atividades interdisplinares, como Geografia e História. “É um museu muito rico. O retorno sempre é excelente. Eles adoram”, completa.

A aluna Ana Luiza Rodrigues Maia concorda. Ela aprovou a aula aberta e de ter conhecido as plantas e as árvores. Para ela, sair de sala de aula é diferente e estimula o aprendizado. “A gente se interessa mais. Sempre que tem as visitas de campo eu vou”, conta.

 

Saiba Mais:


O Museu é aberto ao público e vale a pena a visita pela agradável área verde. Além disso, o local dispõe de um acervo formado por mais de 265 mil itens, entre peças e espécimes científicos preservados e vivos (coleção científica de plantas e reserva vegetal) e contextualizados nas áreas da Arqueologia, Paleontologia, Geologia, Botânica, Zoologia, Cartografia Histórica, Etnografia, Arte Popular e Documentação Bibliográfica e Arquivística.

Museu de História Natural e Jardim Botânico da Universidade Federal de Minas Gerais
Rua Gustavo da Silveira, 1035 – Santa Inês – Belo Horizonte – MG

 

Confira as fotos!