Pesquisar
Close this search box.

Encontro pedagógico reúne professores dos turnos da manhã, tarde e noite

          O Colégio São Paulo da Cruz realizou no sábado, dia 8, o primeiro Encontro Pedagógico de 2014 com os professores da Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II, Ensino Médio e também da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

 

            A reunião se iniciou às 7h30, com um momento de espiritualidade conduzido pelo professor de Educação Religiosa, Sidney Floriano da Silva. O educador apresentou a leitura do terceiro capítulo do livro de Eclesiastes em que a Palavra de Deus destaca que “para tudo há um tempo, para cada coisa há um momento debaixo dos céus”, convidando a equipe a refletir sobre essa mensagem, definindo como essencial a valorização da vida humana. Ao final do momento de oração, o capelão do Colégio, padre Roberto Luiz Ferreira, abençoou os educadores.

           

Matemática desde a Educação Infantil

Em seguida, as equipes se dividiram por turnos. A Educação Infantil e Ensino Fundamental I participaram da palestra com o professor Adil Ferreira Magalhães. Mestre em Matemática pela Universidade Federal de Ouro Preto, ele fez considerações para reforçar o processo de ensino/aprendizagem nessa disciplina.

 

Adil Magalhães acredita que o desenvolvimento do pensamento algébrico deve ser estimulado desde os anos escolares iniciais. “Para a correta formação do raciocínio e capacidade de compreensão em Matemática, é necessário ter contato desde cedo, por isso estamos propondo algumas contribuições para os professores do turno da tarde. Os resultados na qualidade de ensino certamente serão positivos”, destacou.

 

Copa do Mundo FIFA

Em ano de mundial de futebol, o tema será abordado em sala de aula. Com os alunos do Ensino Fundamental II e Médio será desenvolvido o Projeto Futebologia, apresentado pelos professores de Educação Física, Reinaldo de Oliveira e Wendel Gomes Ferreira.

 

Eles explicaram que é o momento ideal para envolver os estudantes no tema, de maneira interdisciplinar, uma vez que o evento, Copa do Mundo, extrapola a questão meramente esportiva e ganha aspectos educacionais, culturais, econômicos, políticos e sociais.

 

Cada professor trabalhará uma proposta como, por exemplo, Futebol e Arte, Memória Fotográfica, Tecnologia no Futebol e Viagem Cultural. Com o Ensino Médio, a abordagem poderá abranger também as carreiras profissionais, não só dos jogadores, mas de toda a equipe que trabalha com futebol.

 

“Queremos despertar nos alunos a construção do conhecimento em diferentes níveis de compreensão, motivando-os a interpretar e a se posicionar de maneira crítica sobre determinados temas. Aprendizado que eles poderão aplicar por toda a vida”, justificou a coordenadora pedagógica do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio, Elisabeth Alves.

 

Avaliação em sala de aula

            A partir das 10h30, as equipes se reuniram novamente para participar da palestra ‘Avaliação na Escola’, com a professora da Universidade Federal de Minas Gerais e consultora na área de formação de professores, Laura Miccoli.

 

            A especialista apresentou os desafios dos educadores em avaliar bem o aluno, de maneira que os resultados não se traduzam apenas em notas, mas em informações que vão direcionar o processo de ensino/aprendizagem. “Uma nota alta ou baixa diz mais do que se o aluno estudou ou não. É preciso obter da avaliação um resultado que seja útil tanto para o avaliador como para o avaliado”, explicou.

 

Laura Miccoli defende que é por meio da avaliação que informações sobre uma determinada situação são obtidas, as quais, por sua vez, apontam as decisões ou os procedimentos a serem tomados. “A avaliação tem o papel de orientar ações que venham a melhorar o desempenho de algo em um determinado contexto”, destacou.

 

A coordenadora pedagógica da Educação Infantil ao 5º ano do Ensino Fundamental, Janeth Ferreira, enfatizou que a professora Laura abordou questões referentes aos instrumentos avaliativos como a necessidade de se refletir sobre o porquê, o quê, quando, como e para quê avaliar. “Ficamos muito satisfeitos com a abordagem, especialmente porque muito do que foi apresentado já faz parte dos nossos processos, mas foi uma contribuição que nos leva a reflexões para um crescimento contínuo”, concluiu.

 

Professores aprovam Encontro

            Para o professor de Filosofia do Ensino Médio, Daniel Vicensi, o Encontro Pedagógico foi produtivo. “Foi um momento significativo, com bastante aprendizado e diálogo. Compartilhamos ideias e projetamos as atividades para 2014, o que representa muito. A palestra sobre o processo avaliativo veio contribuir tanto para nossa formação, quanto para a formação do aluno”.

 

            Kátia Silva dos Santos, professora do 5º ano, revelou que estava ansiosa para a palestra da consultora Laura Miccoli. “Enriqueceu muito o nosso trabalho, especialmente pela abordagem com que ela trabalha, que consegue mensurar de maneira interessante os desafios de se educar em sala de aula”, elogiou.

 

            A professora de Inglês da EJA, Cida Freire, completou: “Foi de extrema importância. Estamos em constante aprendizado e, encontros como esse, nos tornam melhores a cada dia”.

 

Coordenadora pedagógica da EJA, Romilda Nascimento destacou a oportunidade de todos os professores do Colégio São Paulo da Cruz terem um momento de encontro. “No dia a dia nem sempre é fácil essa troca de experiências, por isso foi importante estarmos juntos em prol do ensino de qualidade oferecido pelo São Paulo da Cruz”, finalizou.

 


 

{gallery}/2014/laura{/gallery}

Compartilhe esse artigo

Postagens Relacionadas

INGRESSOS ARRAIÁ DO CSPC

Estamos em junho! E o que todos aguardam ansiosamente neste mês? NOSSA FESTA JUNINA! 🔥🌽👒🪗🎵🌵🚩